Ligue grátis:
☎ +49 89 244473 702 (International)
Autohuur Roemenië Car rental Romania Mietwagen Rumänien Autohuur Roemenië Biluthyrning Rumänien Location de voitures Roumanie Alquiler de coches Rumania Autonoleggio Romania Billeje Rumænien Bilutleie Romania Autovuokraamo Romania Aluguer de carros Roménia Wypożyczalnia samochodów Rumunia Autovermietung Rumänien Mietauto Rumänien
Aluguer de Carros Roménia

Aluguer de Carros Roménia

Início

EasyTerra Aluguer de Carros Roménia é uma empresa independente. O nosso sistema compara as tarifas de empresas de aluguer de automóveis bem conhecidas em Roménia, assegurando assim que consegue reservar um automóvel de aluguer económico.

Onde deseja alugar automóvel?

Entrega noutro lugar?

Onde deseja entregar o seu carro alugado?

Data de recolha
às
Data de entrega
às
 
Pesquisar
Grandes Marcas. Enorme Escolha. Grande Poupança!

Roménia: Cidades

EasyTerra Aluguer de Carros Roménia compara as tarifas de aluguer de carros nas seguintes cidades:

Informação de lugar para Roménia

Aluguer de automóveis Roménia
Aluguer de automóveis Roménia

Introdução

A Roménia é um dos países mais preservado, rural e autêntico da Europa. É mais do que o país do Conde Drácula, ou um dos estados comunistas de antes. A Roménia tem paisagens montanhosas com prados e florestas que cobrem os cumes dos Cárpatos. Na Moldávia podem-se encontrar mosteiros ortodoxos e castelos medievais. Este é o país onde o Danúbio corre até ao Mar Negro.

A capital  Bucareste é a maior metrópole do país com mais de dois milhões de habitantes. Durante a Segunda Guerra Mundial e um terramoto em 1977, a cidade foi substancialmente danificada. Graças a uma melhor situação económica desde 2000, a cidade está a ser modernizada e as partes antigas restauradas. Bucareste tem muito para oferecer com os seus monumentos restaurados, as lojas modernas e a movimentada vida nocturna.

Historia

A história da zona que hoje se chama Roménia remonta a séculos antes da era cristã. Tropas trácias, mais conhecidas por Dácios, tinham-se estabelecido na antiga Roménia. "Dácia" é, por isso, um nome antigo da Roménia. Durante o século II AC, os Dácios tentaram arduamente manter os romanos fora do reino. Fundaram um império dácio que não resistiu mais do que dois séculos. O Rei Decebalus viveu a pior época. A cultura dácia acabou por se misturar com a cultura romana. O latim tornou-se a língua de comunicação.

Durante os séculos IV e V, os godos, hunos e búlgaros entraram na Dácia. A partir do século X os magiares (húngaros) começaram a expandir o seu império para a Dácia. Dois séculos mais tarde, toda a Transilvânia ficou sob o domínio magiar.

Nos séculos XIV e XV, os otomanos tentaram invadir a região. Uma das legendárias figuras que desempenhou um papel na luta por manter os turcos afastados foi Vlad Tepes (o lanceiro). Este nome foi-lhe dado devido aos brutais castigos que deixava infligir aos seus súbditos. O mais severo era enterrar um pau nas costas sem tocar um só nervo fatal. Desta forma o pobre sofredor agonizava durante dois dias antes de morrer. Actualmente, Vlad Tepes é mais conhecido por ser a fonte de inspiração de Bram Stoker para a sua figura de ficção: o Conde Drácula.

No século XVI os turcos invadiram o império húngaro. Isto também implicou que a Transilvânia se tornou parte do império otomano. As regiões da Wallachia e Moldávia tiveram o mesmo destino. Os turcos governaram a Moldávia e a Wallachia até o século XIX. A Guerra da Crimeia, que durou de 1853 a 1856, fortaleceu o nacionalismo na Roménia. Em 1988, a Roménia foi declarada um estado independente. A era do governo otomano havia terminado.

 Durante a Primeira Guerra Mundial a Roménia juntou-se à  Grã Bretanha, França e Rússia. A Roménia tentou retirar a Transilvânia da Áustria-Hungria pois aproximadamente sessenta por cento dos habitantes da área descendia da Roménia. Quando a Áustria-Hungria foi derrotada em 1918, a Roménia conseguiu o seu objectivo. No entanto, a guerra mundial seguinte viria a desfazer esta conquista. A Rússia ocupou parte da Roménia e a Transilvânia foi dada à  Hungria. A região meridional de Dobruja tornou-se parte da Bulgária. O general romeno Ion Antonescu conseguiu então a abdicação do Rei Carol II da Roménia e fundou um regime de ditadura. As consequências foram desastrosas quando apoiou Hitler em 1941. Quatrocentos mil judeus romenos e trinta e seis mil ciganos foram deportados para Auschwitz e outros campos, e foram assassinados.

Em Agosto de 1944, a Roménia mudou subitamente. Deixou a Alemanha nazi e pôs-se ao lado das forças aliadas. Mais de 53.000 alemães foram capturados. Este passo salvou a independência da Roménia e reduziu a guerra.

Após a guerra, a Transilvânia voltou à Roménia. A monarquia foi abolida e declarada a República do Povo Romeno. O comunista Gheorghe Gheorghiu-Dei tomou o poder. Em 1958, as tropas soviéticas bateram em retirada e a Roménia comunista seguiu uma política externa independente desde 1960. Em 1965, o conhecido Ceausescu chegou ao poder e administrou o país à sua maneira caótica e destrutiva. Em 1974, foi criada a presidência para ele. Colocou o filho, a mulher e três dos seus irmãos em altas posições e investiu enormes quantias em projectos bizarros. Exceptuando a "Era Dourada" durante os finais dos anos sessenta e princípios dos setenta, a economia da Roménia deteriorou-se alarmantemente. Em 1989, os romenos revoltaram-se contra este ditador. Ceausescu e sua mulher tiveram de fugir de helicóptero. Foram, no entanto, capturados, presos e executados.

A República Democrática da Roménia foi fundada em 1990 e foram tomadas medidas para instalar uma economia de mercado. Desde 2004 que o país é membro da NATO e aderiu à União Europeia em 2007.

Sociedade e cultura

Mais de cinquenta por cento dos romenos vivem na cidade. A população é bastante homogénea. Quase noventa por cento da população é romena. Os restantes dez por cento é ou húngaro, roma, alemão ou ucraniano. Um pequeno grupo é constituído por outras nacionalidades. A maior população mundial de Roma vive na Roménia. Os roménios consideram esta mistura uma bênção.

Do ponto de vista religioso, a Roménia tem uma divisão similar. A maioria é ortodoxa romana. Os outros dez por cento é são católicos romanos, protestantes e ortodoxos gregos. Menos de um por cento da população é judeu ou mulçulmano.

A população romena pode ser descrita como orgulhosa, persistente e hospitaleira. As suas origens culturais e históricas são as fontes do patriotismo. São também muito orgulhosos da beleza cénica do país.  Em combinação com a sua natureza hospitaleira, isto abre possibilidades para os turistas descobrirem de perto a cultura romena.

Situação política

A Roménia é uma democracia constitucional. O parlamento é constituído por uma Casa de Deputados e um Senado. O presidente é o chefe de estado. Ele ou ela é eleito pelo povo. O gabinete e o primeiro-ministro, eleito pelo presidente, têm de ser aprovados pelo parlamento. Desde 2004, Traian Basescu é o presidente da Roménia. O seu mandato termina em finais de 2009; as eleições presidenciais fazem-se cada cinco anos.

Economia

A economia da Roménia cresce rapidamente. O país é também referido como uma "economia tigre".

O porto marítimo Constanta é muito importante para a economia romena. Sessenta por cento do comércio externo é aqui efectuado.

O turismo é uma importante fonte de rendimento na costa do Mar Negro. Bucareste e Transilvânia também atraem muitos turistas. Outros importantes sectores são por exemplo, fabrico de motores, produção de roupa e electrónica.

A moeda da Roménia é o Leu. Para 2011 ou 2012 os romenos devem também trocar o Leu pelo Euro.

Geografia e clima

237.500 quilómetros quadradosde tamanho e preservado do turismo massivo; a Roménia ainda está por descobrir. Os Cárpatos a norte terminam na Roménia Central. O pico mais elevado tem 2.544 metros e chama-se Moldoveanu. Florestas de coníferas são aqui numerosas. Aproximadamente um terço do país é ocupado pelos Cárpatos. A norte de Moldoveanu, rodeada pelos picos montanhosos, fica a planalto transilvano. Esta paisagem continua pelo resto do país, que está dividido pelas regiões Wallachia e Moldávia. Pomares e vinhedos alternam com campos e campos com vários tipos de vegetais. A sul, o Danúbio corre para desaguar no mar. É o maior delta da Europa. Importantes portos marítimos no Danúbio são o Tulcea e o Braila. O Danúbio não é o único rio romeno. Outros são, por exemplo, o Proet e o Olt.

Devido ao degelo e chuvas fortes, na primavera há avalanches nas montanhas. Um problema adicional são as inundações que acontecem de vez em quando. Por vezes a Roménia sofre tremores de terra. O já mencionado terramoto de 1977, é um exemplo.

O clima continental da Roménia faz invernos frios e verões quentes. O nevoeiro também pode aparecer no inverno. Entre Dezembro e Abril  neva muito habitualmente. Em conjugação com as montanhas, a Roménia é uma boa área para o ski. Sinaia, Predeal e Poiana Brasov são centros de ski bem conhecidos. Por outro lado, durante o verão os lugares turísticos de Neptun e Mamaia, no Mar Negro, estão cheios.

Trânsito e infra-estrutura

As estradas na Roménia não estão bem mantidas. Os condutores devem estar preparados para estradas cobertas de buracos e frestas. O traçado está frequentemente apagado e há pouca iluminação. Actualmente há duas auto-estradas. Entre Bucareste e Ploiesti, a norte da capital, há uma auto-estrada com 114 quilómetros de comprimento. A outra auto-estrada vai de Bucareste a Fetesti  para oriente. Esta estrada tem 116 quilómetros. As estradas não têm portagem, com excepção de duas situações: para atravessar as pontes sobre o Danúbio em Cernavoda e Vadu Oii. No entanto, para circular nas auto-estradas é necessário comprar um emblema. Estes vendem-se nas estações de serviço.

Nas zonas urbanas, os veículos podem circular a sessenta km/h. Fora destas zonas, a velocidade máxima é oitenta km/h. Os limites de velocidade para motociclistas é respectivamente quarenta e cinquenta km/h.

A rede ferroviária é muito boa e barata. Os combóios têm primeira e segunda classe, além de que há quatro tipos de combóios: pessoal, intercidade, accelerat e rápido. Estes dois últimos tipos são consideravelmente mais rápidos. É aconselhável a compra antecipada de bilhetes.

Os autocarros são de menos confiança do que os combóios. Andam frequentemente cheios. Devido às grandes multidões que viajam de autocarro, é aconselhável a compra antecipada de bilhetes. Pelo contrário, os autocarros locais, os eléctricos e trolleys são muito convenientes. Circulam habitualmente entre as 5.00 e as 23.00h.

Há um ferry entre Tulcea e Sulina, no Mar Negro. Durante os meses de verão, barcos de passageiros também fazem o trajecto entre Tulcea e Crisan.

O Aeroporto Internacional de Bucareste fica a um pouco mais de cinquenta quilómetros acima da capital romena. Daqui se pode viajar para outros países e cidades estrangeiras. Bucareste tem outro aeroporto chamado Aeroporto de Baneasa. Os viajantes podem daqui partir para destinos domésticos. Voos de Bucareste para  Constanta estão programados especialmente em Julho e Agosto. Muitos outros lugares como o Aeroporto de Cluj Napoca e Aeroporto deTimisoara, estão operacionais todo o ano. Estes aeroportos estão localizados perto dos lugarescom o mesmo nome.

Comida e bebida

A culinária romena não é exactamente alta cozinha. Isto não quer dizer que seja impossível fazer um bom jantar na Roménia. São populares três tipos de sopa. A ciorba de perisoare é feita de almôndegas de carne e vegetais. A ciorba de burta é uma sopa com morcela. E há ainda a ciorba de leguma para saborear, uma tradicional sopa de legumes. Os pratos típicos romenos têm sempre carne. Os diferentes tipos de guisados são feitos com vários tipos de carne e almôndegas grelhadas.

Pode ser difícil encontrar uma oportunidade para comer comida tradicional genuína. Estes pratos são muito saborosos pelo que encontrá-los compensa bem o esforço. Ardei umpluti, por exemplo, são pimentos recheados. Sarmale é um prato semelhante. Para este, as folhas de vide ou de alface são recheadas com arroz e carne.

Antes do jantar, os romenos bebem frequentemente um copo de Tuica, um brandy forte feito de ameixas. Ao jantar pode-se saborear o delicioso vinho romeno. As regiões vinícolas estão por todo o país. Produzem diferentes tipos de qualidade de vinho. Regiões famosas são a planície transilvana e a Moldávia. Desde o tempo dos romanos que é aqui cultivada uva para a produção de vinho. Durante a era comunista, o sector sofreu tremendamente. Por esta razão, a Roménia é ainda desconhecida como um país produtor de vinho. Actualmente, dá-se outra vez muita atenção e cuidado à produção de vinho. Os apreciadores  podem experimentar com segurança um vinho branco ou tinto da Roménia.

Zona horária

A hora romena é GMT/UTC+ 2. Nos finais de Março o relógio adianta umahora. Nos finais de Outubro, volta à hora anterior. Há uma hora de diferença entre a Roménia e os países fronteiriços Hungria,  Montenegro e Sérvia.

Alojamento

Os hotéis são classificados pelo conhecido sistema de estrelas. Mesmo os quartos com uma ou sem estrelas são habitualmente limpos mas modestos. Muitas vezes, os serviços sanitários têm de ser partilhados  com outros hóspedes.Os quartos dos hotéis de duas ou mais estrelas estão frequentemente equipados com casa de banho privativa. O pequeno almoço está habitualmente incluído.

Nos últimos anos foram abertos muitos albergues. Estão espalhados por todo país e têm a sua própria associação.

Existem muitos parques de campismo. A maioria abre de Maio a Setembro. Nem todos têm instalações sanitárias. Alguns dos parques também oferecem a possibilidade de alugar uma cabana, chamada popas truistic.

Existe uma extensa rede de cabanas nas montanhas. Em muitas delas há não só  a oportunidade de dormir mas também comer. Não há necessidade de fazer reservas.

À chegada, muitos turistas são contactados por pessoas que oferecem alojamento. Bed & Breakfast é também muito popular no país. Os romenos têm a sua própria palavra para isto: pensiune. A classificação dos Bed & Breakfast não é através de estrelas, mas malmequeres. O mínimo de malmequeres é um.Os melhores lugares obtêm três malmequeres. Mais informação sobre a localização e serviços dos Bed & Breakfast está disponível nos lugares turísticos.

Fontes externas

Para mais informações sobre a Roménia, recomendamos Google e as seguintes fontes: